Data
Termos
Plano Safra

O Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, lançou, nesta quinta-feira (4), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2024/2025, mais um passo significativo quando o assunto é produção de alimentos saudáveis na Bahia. O ato incluiu anúncio de linhas de crédito, com foco em mulheres, jovens, indígenas e quilombolas, e entrega de novos equipamentos. A expectativa é de que, somente pelo Plano Safra, sejam investidos até R$ 4,8 bilhões no Estado. 

Com o objetivo de promover a produção sustentável de alimentos, o Plano oferece linhas de crédito diferenciadas, assistência técnica e extensão rural, seguros e capacitação, além de contribuir para a transição agroecológicas e incentivar a pesquisa e inovação em tecnologias.  

O governador Jerônimo Rodrigues explicou que “o Governo Federal contabiliza o que o agricultor familiar toma de empréstimo a cada ano e faz uma estimativa do que pode disponibilizar, organizando, a partir daí, taxas de juros melhores, tempo em que o agricultor possa produzir e pagar, e ainda em quais culturas tem interesse em financiar”.

Segundo o ministro de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, “talvez a Bahia seja uma das agriculturas mais sofisticadas que nós tenhamos no Brasil e por isso pode ajudar muito a alimentar o povo brasileiro com comidas saudáveis. No primeiro ano foram investidos R$ 1,9 bilhões aqui, agora eu espero que a gente chegue em R$ 4,8 bilhões”.

Cerca de 10 linhas de financiamento de crédito rural do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tiveram redução de taxas, que variam de 0,5% a 6%. No caso das linhas do Pronaf para Mulheres, Jovens, Semiárido, Floresta, Bioeconomia e Agroecologia, os juros cairão de 4% para 3% ao ano. Além disso, as famílias agricultoras que quiserem produzir alimentos da cesta básica, como arroz, feijão, mandioca, frutas, legumes, verduras e leite, terão mais incentivos. 

Mecanização Rural

Foram entregues, pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), 141 tratores com implementos, 59 microtratores, 106 máquinas forrageiras, 20 tanques pipa, mais de 1.500 barracas de feira, caixas d'água de 500, 1.000, 5.000 e 10.000 litros, além de roçadeiras, batedeiras e kits apicultura, equipamentos fundamentais para a modernização do campo.

“Aqui, R$ 74 milhões, frutos de emendas parlamentares, foram investidos para a compra de equipamentos que beneficiarão diretamente 40 mil pessoas. Não é só um objeto, um trator ou uma barraca em si. É, para nós, a garantia de que cada um, cada uma que está no campo, consiga ter um apoio diferenciado para produzir e colocar comida na mesa”, disse o titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Osni Cardoso.

“Na minha comunidade são 45 famílias beneficiadas. Agricultores familiares que precisam produzir, têm vontade de produzir, mas na foice, na enxada, estava difícil. Por isso esse trator é de grande importância para todos nós”, celebrou Maria Neide, agricultora familiar da Associação Rural Comunitária Lagoa Nova do município de Wagner, que foi contemplada com trator e implementos agrícolas.

O lançamento do Plano Safra 24/25 reflete o compromisso dos governos estadual e federal com a produção de alimentos saudáveis e com a melhoria da qualidade de vida das famílias do campo. 

Fotos: Manu Dias, Feijão Almeida e Thuane Maria/GOVBA - Ítalo Oliveira/SDR

Fonte: SDR